24 de nov de 2010

LUBRAX DE CARA NOVA

Ontem, dia 23 de novembro, estive num posto de gasolina da Petrobrás para abastecer o meu carro e o gerente do posto me chamou para conhecer as novas embalagens dos produtos Lubrax.
No momento até pensei: "Embalagem nova da Lubrax? Até que um dia!..."
Ao chegar na prateleira, sinceramente fiquei desapontado. A logo melhorou um pouco, mas a embalagem, para ser a primeira no país, não ficou nenhum pouco bonita. Mas posso dizer que é bem melhor que a antiga, toda quadrada.
Falo disso pela cultura dos lubrificantes da mais alta qualidade do mundo terem embalagens que se tornam apelos comerciais, como as das Castrol, Shell, Mobil, Motul, etc...
Embora seja uma marca relativamente nova no ramo dos lubrificantes, nascida no ano de 1973, com certeza nos primeiros meses as novas embalagens e a novo logo da companhia petrolífera brasileira vai dar o que falar.

IMAGENS:
Site br.com.br

6 de nov de 2010

UMA LENDA NOS PALCOS DO BRASIL


Sexta-feira, dia 05 de novembro, eu estava na padaria do português, que fica a uma quadra aqui de casa. Cheguei no balcão para pedir meus pães e uma das atendentes comentou, olhando para a televisão que estava ligada perto do caixa:
- Domingo tem show desse cara, se eu tivesse dinheiro eu iria.
A outra menina que já estava me atendendo disse:
- "Ai, capaz que eu iria gastar meu dinheiro para ver esse cara, Deus me perdoe! Se fosse uma Ivete Sangalo, Sombalanço, um pagode... Até eu iria."

Aquilo me deixou pensando... Será que um dia ninguém mais irá ouvir suas canções? Mesmo sendo o maior ídolo dos Beatles vivo, uma verdadeira lenda viva. Com show no Brasil, muito perto de mim... Eu gostaria tanto de vê-lo, mas infelizmente não vou poder ir.

Acredito que a sensação de estar lá é aquela. "Agora já posso morrer tranquilo".
Você que foi, acredite, não ouvirá nada igual novamente, não só pelas belas canções que atravessaram décadas, mas pelo marco do Rock.



3 de out de 2010

O ESPETACULAR FIESTA WRC

que falei do novo Citroën DSR3 WRC, também resolvi falar e mostrar as belíssimas imagens do mais novo Fiesta que em breve também estará nas ruas do Brasil. Esse modelo é a versão globalizada da Ford. E agora vai disputar o WRC em 2011. O vídeo abaixo foi enviado por um amigo que mora em Porto Alegre. Antônio Carlos Gomes Machado.







Aqui o incrível vídeo do piloto Ken Block fazendo o Fiesta voar no Autódromo de Linas Montlhéry, na França. Simplesmente espetacular.

1 de out de 2010

O NOVO CITROËN DSR3 WRC EM 2011


Depois de vários testes o compacto DSR3 WRC foi apresentado no último dia 30 no Salão do Automóvel de Paris. Mais compacto, o carro é alimentado por um motor de 4 cilindros turbo, de injeção direta de 1600 cm3. Totalmente projetado e fabricado pela Citroën Racing. Motor de 300 cv, não muito menos que o atual C4 WRC.

A caixa de seis velocidades sequencial é fornecida pela Sadev, acoplada a dois diferenciais mecânicos, na frente e na traseira. O diferencial semi-automático e central passaram a ser proibidos segundo os novos regulamentos da FIA, que também definiu as características (tamanho, peso, custos, etc...) dos principais componentes do carro.

Veja as impressionantes e belíssimas imagens do novo Citroën DSR3 WRC.



Fontes:
Continental Circus
Auto Sport

17 de set de 2010

16 PERGUNTAS MAIS FREQUENTES SOBRE LUBRIFICANTE


Recebi por email e resolvi postar aqui no blog 16 perguntas mais frequentes que recebo via comentário ou até mesmo por email. Essas 16 perguntas foram tiradas da revista O Mecânico. Muito bem conceituada. o artigo está na íntegra para vocês. Vale a pena!

"As dúvidas sobre a correta forma de trocar o óleo lubrificante ainda são comuns entre os reparadores automotivos. Uma substituição feita no tempo errado e na quantidade indevida pode provocar a redução da vida útil do óleo, desgaste prematuro das peças do motor, superaquecimento, entre outros problemas.


01 - Por que é importante trocar o óleo do seu carro?
Com o passar do tempo, o óleo do motor pode perder a sua viscosidade. A viscosidade faz com que o óleo permaneça por mais tempo revestindo as partes móveis que ficam em contato dentro do motor, como bielas, aneis, cilindros, bronzinas, mancais, comandos, válvulas, etc. Perdendo a viscosidade, o atrito entre as peças poderá comprometer o bom funcionamento do motor, diminuindo sua vida útil, reduzindo o desempenho, consumindo mais combustível, e ao médio ou longo prazo, provocar desgaste prematuro nos anéis, fazendo com que o motor “queime óleo”, até que o leve à retífica.


02 - Como avaliar qual tipo de óleo usar?
Seguir sempre a recomendação do Manual do Proprietário.


03 - Onde eu devo trocar o óleo?
Existem 4 premissas para a lubrificação bem feita; utilizando o lubrificante correto, na quantidade indicada, utilizando as ferramentas e dispositivos de lubrificação adequados e na troca na periodicidade recomendada. É adequado procurar locais com a estrutura necessária e com a equipe treinada tecnicamente para atender a estas premissas, que normalmente são: concessionárias, postos de serviço, super trocas, oficinas mecânicas especializadas e redes de pneus.


04 - Quais critérios se devem analisar, quando for substituir o óleo indicado no manual por um similar?
Devem obedecer às especificações do óleo recomendado do Manual do Proprietário, de acordo com a viscosidade SAE (Sociedade de Engenheiros Automotivos), e com a aditivação API (Instituto Americano de Petróleo), ACEA, ILSAC ou JASO. Todos os lubrificantes contêm as informações nos rótulos sobre homologações e especificações.


05 - Por que estamos vendo com muito mais frequência a recomendação de lubrificantes semissintéticos pelas montadoras?
Os óleos semissintéticos ou de base sintética, possuem performance superior comparada a dos óleos minerais, com custos inferiores a dos sintéticos, associando custo x benefício com a evolução da tecnologia dos motores.


06 - Quando se deve completar o nível de óleo?
Com o uso do carro, o nível do óleo baixa um pouco devido às folgas do motor e à queima parcial na câmara de combustão. Assim, enquanto não chega o momento de trocar o óleo, deve-se completar o nível gradativamente.


07 - Qual a diferença entre óleos sintéticos, semissintéticos e minerais?
O lubrificante é composto por óleos básicos e aditivos. Sua função no motor é lubrificar, evitar o contato entre as superfícies metálicas e refrigerar, independentemente de ser mineral ou sintético. A diferença está no processo de obtenção dos óleos básicos. Os óleos minerais são obtidos da separação de componentes do petróleo, sendo uma mistura de vários compostos. Os óleos sintéticos são obtidos por reação química, havendo assim maior controle em sua fabricação, permitindo a obtenção de vários tipos de cadeia molecular, com diferenças características físico-químicas e por isso são produtos mais puros.
Os óleos semissintéticos ou de base sintética, empregam mistura em proporções variáveis de básicos minerais e sintéticos, buscando reunir as melhores propriedades de cada tipo, associando a otimização de custo, uma vez que as matérias-primas sintéticas possuem custo muito elevado.
Não é recomendado misturar óleos minerais com sintéticos, principalmente de empresas diferentes. Seus óleos básicos apresentam naturezas químicas diferentes e a mistura pode comprometer o desempenho de sua aditivação, podendo gerar depósitos. Além disso, não é economicamente vantajoso, já que o óleo sintético é muito mais caro que o mineral e a mistura dos dois equivalem praticamente ao óleo mineral, sendo, portanto, um desperdício.
Uma dica interessante se refere à troca de óleo mineral por sintético. É importante trocar o filtro de óleo junto com a primeira carga de sintético e trocar esta carga no período normal de troca do veículo em função da sua utilização.


08 - Qual o nível correto do óleo no carro?
São os traços da vareta de óleo que indicam o nível. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, o nível correto se encontra entre os dois traços e não só no traço superior. Se o óleo fica abaixo do mínimo da vareta, o motor pode ser prejudicado por falta de lubrificação. No entanto, se o óleo fica acima do máximo da vareta, haverá aumento de pressão no cárter, podendo ocorrer vazamento e até ruptura de bielas, além do óleo em excesso ser queimado na câmara de combustão sujando as velas e as válvulas, danificando também o catalisador no sistema de descarga do veículo.

09 - Quando se deve trocar o óleo do carro? Há algum sinal que o veículo apresente?
O correto é seguir rigorosamente a recomendação do Manual do Proprietário de acordo com a quilometragem, ou, geralmente após 6 meses. Alguns sinais são a perda de potência e o superaquecimento.

10 - Por que motor deve estar quente na hora de troca de óleo?
Facilita a saída das impurezas pelo dreno do Carter, pelo fato de estar menos viscoso (mais fino) e as partículas estarem dispersas em suspensão.


11 - Quanto tempo deve-se esperar para medir o nível de óleo?
É importante que se espere pelo menos 15 minutos após o motor ter sido desligado para medir o nível. Isso ocorre porque, neste tempo, o óleo vem descendo das partes mais altas do motor para o cárter e assim podemos ter a medida real do volume, mas sabe-se que dificilmente este período é respeitado nos postos de serviço.


12 - Qual a diferença entre “serviço severo” e “serviço leve”, que são termos usados pelos fabricantes de veículos quando falam em intervalos de troca?
No serviço severo os veículos trabalham com carga em centro urbano, e/ou com baixa velocidade no tráfego tipo “anda e para” e/ou por pequenas distâncias, e/ou de até seis quilômetros (grande troca de marcha) e/ou ambiente externo sujeito à contaminação por poeira. O serviço leve ocorre com o veículo sem carga, em velocidade constante na estrada por percursos longos, com boa pavimentação, e em ambiente externo não agressivo.


13 - O filtro de óleo também deve ser trocado? Quando?
Sim. O óleo, com seus aditivos detergentes e dispersantes, carrega as sujeiras que iriam se depositar no motor. Ao passar pelo filtro, as impurezas maiores ficam retidas, e as menores continuam em suspensão no óleo. Chega um momento em que o filtro, carregado de sujeira, dificulta a passagem do óleo, podendo causar falhas na lubrificação. A situação se agrava quando ocorre o bloqueio total do filtro de óleo, o que pode causar sérios danos ao motor. O período de troca do filtro de óleo também é recomendado pelo fabricante do veículo e consta do manual do proprietário. Deve ser feita a cada duas trocas de óleo. Hoje já existem fabricantes que recomendam a troca do filtro a cada troca do óleo, para que não haja mistura do óleo novo com o residual que se encontra no filtro.


14 - Quais são os perigos de se usar um óleo incorreto?
Perda da garantia da montadora, redução da vida útil do lubrificante, mau funcionamento, desgaste prematuro das peças, superaquecimento, má limpeza do sistema e consequentemente a perda do motor, entre outros.


15 - Qual é a relação entre usar combustível de um posto não muito confiável e a questão da lubrificação?
Combustíveis adulterados são danosos ao motor e implicam queima inadequada e excesso de sujeira no motor. Lubrificantes de maior performance, como semissintéticos e sintéticos poderiam resistir um pouco mais que os minerais, mas não seriam suficientes para evitar a borra em motores que rodam com combustíveis fora das suas especificações, principalmente aqueles adulterados com solventes.


16 - Por que é recomendável utilizar óleo sintético no motor do veículo?
O óleo sintético resiste mais à oxidação gerada pela temperatura, tem menos perda por evaporação, menor formação de borras e lacas e em alguns casos, atração molecular. Embora os lubrificantes sintéticos ofereçam qualidade superior, a maioria dos fabricantes de veículos ainda não diferencia os períodos de troca entre sintéticos e minerais. Existem lubrificantes sintéticos com viscosidade muito abaixo da recomenda pela Montadora para um determinado modelo. Portanto, recomendamos seguir a indicação do Manual do Proprietário."


FONTE: O MECÂNICO

1 de set de 2010

RUBENS BARRICHELLO 300 CORRIDAS


Olá pessoal! Passei alguns dias sem atualizar o Blog devido a minha adaptação a nova função. E retorno em um bom momento. Não poderia passar em branco uma homenagem a um grande piloto que tenho muita consideração. Embora não sejamos grandes amigos, mas de vez em quando ele responde algumas twittadas.
Estou falando de Rubens Barrichello que chegou nesse fim de semana, na equipe Williams, em Spa-Francochamps, na Bélgica a sua corrida de número 300.
Embora o resultado do fim de semana não tenha sido o que se esperava, devido a chuva que ocasionou um acidente entre o piloto brasileiro e o piloto espanhol Fernando Alonso, deixando o carro da Williams sem uma roda e parte da asa dianteira destruida, não estragou a festa.
Rubinho foi alvo da imprensa mundial e passou boa parte do mês de agosto com a campanha da corrida de número 300.
Em seu site há um link que dá a oportunidade aos seus fãs de adquirirem a réplica do seu capacete, pintado com a marca 300. O capacete está custando 5.300 reais. Um preço até camarada, que será revertido para o Instituto Barrichello Kanaan.

Parabéns Barrichello! Ainda quero ver você aí correndo, buscando um campeonato. Grande abraço!

link para a réplica do capacete de Rubens Barrichello 300

O vídeo é indicação do próprio Rubens via Twitter.





foto http://barrichello.com.br/pt/

30 de jul de 2010

CATÁLOGO MANN-FILTER

Dia 30 de julho o Blog SAVIOMACHADO recebeu a autorização da MANN-FILTER para linkar seu Catálogo de Aplicação.
Foi demorado mas veio. A autorização chegou via email e hoje este link vai servir para muitos que trabalham com filtros e usam a marca alemã em suas empresas e precisam de um catálogo de aplicação.
Basta você adicionar o blog ou o próprio catálogo aos favoritos do seu computador e faça bom uso.

17 de jul de 2010

LUBRIFICANTE X ECONOMIA DE COMBUSTÍVEL


A Cosan Combustíveis e Lubrificantes, responsável pela distribuição dos combustíveis e lubrificantes ExxonMobil no Brasil está fazendo uma campanha publicitária que pela primeira vez explora na mídia nacional a economia de combustível.
Para os conhecedores do assunto não é novidade quando se fala que ao baixar a viscosidade do lubrificante do motor, diminui o atrito e consequentemente o motor faz menos força, diminuindo assim o consumo de combustível.

Isso vai ajudar muita gente entender porque existe essa relação combustível x lubrificante. E em um futuro bem próximo vou deixar de ouvir a pergunta que sempre ouço quando falo em economia de combustível: "O que tem a ver o lubrificante com consumo de combustível?"

Os lubrificantes com viscosidade 5W30 foram desenvolvidos na Fórmula 1 e trouxeram uma nova performance aos motores que vinham diminuindo de tamanho a cada ano que passava. O motor pioneiro a usar essa viscosidade foi o motor da Ford Zetec Rocan, desenvolvido na Inglaterra.

Veja aqui, em primeira mão, a propaganda do Mobil Super Ecopower 5W30 que vai rodar apartir do dia 18, na Rede Globo.


13 de jun de 2010

ELETRIC BIKE VOLKSWAGEN


Volkswagen mais uma vez surpreende. Dessa vez não foi com um carro, mas sim com uma bicicleta! É meus amigos leitores, uma bicicleta!

Foi na Auto China 2010 onde a montadora causou muito alvoroço. Todos queriam saber como ela funcionava, pois além de ser elétrica, seguindo os padrões de respeito ao meio ambiente, ela é dobrável e vai dentro de um porta-malas em um compartimento próprio.

Não me admiro se nos próximos anos essa maravilha não venha junto com o Volkswagen Gol.



Email do meu amigo e leitor Antonio Carlos Gome Machado. Valeu a dica! Grande abraço!


3 de jun de 2010

PRIMEIRA VEZ QUE UM FÓRMULA 1 VAI A PRAIA


Meu amigo Julio Cesar Kronbauer, do blog jckronbauer.blogspot.com chamou minha atenção em seu twitter com um vídeo da equipe Red Bull Racing andando numa praia chamada Juanillo Beach, em CapCanna na República Dominicana, como se fosse em plena pista de asfalto.

Esta foi a primeira vez, literalmente, que um carro de Fórmula 1 andou por uma praia. Os pilotos que se revesaram para tornar as imagens mais belas foram o espanhol Jaime Alguersuari e o piloto de motociclismo Eugene Laverty.

A RBR sempre trás alguma novidade com seus belos carros. A pouco também postei sobre a RBR andando no gelo. Para ver o vídeo, clique aqui.

As imagens foram adicionadas do Youtube e são de excelente qualidade.


26 de mai de 2010

YEZ, O ECOLÓGICO REVOLUCIONÁRIO


Mais montadoras se unem para fabricar carros ecológicos. Dessa vez é a americana GM junto com a chinesa SAIC (Shangai Automotive Industry Corporation).

O projeto é de um carro elétrico movido somente a energia solar (captada através de painéis presentes na parte superior do veículo) e eólica (aproveitada através de um sistema de captação do vento presente nas quatro rodas do carro).
Como se não bastasse o abastecimento ecológico, o carro ainda consegue coletar o CO2 (dióxido de carbono) e devolver oxigênio para o ambiente, fazendo juz ao seu teto em formato de folha. O chamado processo da FOTOSÍNTESE.

Previsão para o veículo estar nas ruas: 2030. Bastante tempo. Mas como eu costumo dizer, toda notícia e trabalho em prol do meio ambiente sempre será bem vinda.

















Fontes:
Exame Informática
Boteco Design
Imagens: Ecofriend

25 de mai de 2010

LUBRIFICANTES API SM


Atitude no mínimo louvável da companhia Exxon Mobil no brasil ao alinhar todos os lubrificantes para motores a gasolina para a classificação API (America Petroleo Institute) SM.

Fato esse fez com que aquela quantidade de letrinhas que ficam no rótulo dos lubrificantes deixasse de ser mais uma dificil tarefa para o cliente escolher na hora da troca de óleo o melhor lubrificante para o seu veículo.


A quatro anos a Agência Nacional do Petróleo, ANP, proibiu as produtoras de lubrificantes fabricarem óleos com classificação API SE. Norma essa para motores fabricados na década de 70.

Sobram ainda muitas classificações API: SF, ainda muito usado no mercado. Essa classificação serve para os veículos carburados, para motores até 1998 (veja o quadro da tabela API aqui). A maioria dos lubrificantes com essa norma tem viscosidade 20W50 e muitos usuários optam por essa classificação em virtude do preço, sem saber que o motor sofre com o pouco pacote de aditivo.

17 de mai de 2010

UMA VISITA MUITO ESPECIAL F1ALC


Alguns de vocês já devem ter visto no Blog F1ALC do meu amigo Marcelo Iriarte. A umas duas semanas nos encontramos em Pelotas, no Rio Grande do Sul e conversamo um pouco. Apesar de termos pouco tempo pela correria do dia a dia, conseguimos nos conhecer e dar boas risadas.

Conheci o Blog F1ALC através do blog do RonGroo, já a algum tempo e sempre que podíamos acabava colocando um comentário ali, outro aqui.

Sempre fomos grandes amigos virtuais e no dia que nos encontramos foi muito legal, pois a amizade da internet não é diferente da amizade que temos hoje.

Além do assunto que temos em comum, a Fórmula 1, o Blog F1ALC é um blog que tem uma peculiaridade muito interessante: Os posts do Marcelo Iriarte são de extremo bom gosto e sempre existe algo a mais do que se espera em seus textos. Tudo voltado para a arte, seja da música, filmes cults, como um que chamou minha atenção com imagens do filme "2001 Uma Odisséia no Espaço", um clássico do cinema.

Gostaria muito que isso acontecece mais vezes. Sei que todos nós estamos correndo muito em seus trabalhos, mas seria muito bom encontrar um blogueiro ou reunir todos para uma boa conversa. Espero que isso seja possível um dia.

Obrigado Marcelo pelo seu carinho!


15 de mar de 2010

A VIOLÊNCIA LEVA UM GRANDE CARTUNISTA


Como bom fanzineiro punk que fui, no início dos anos 90, vim apenas prestar minha singela homenagem ao cartunista Glauco Villas Boas que morreu na sexta passada, dia 12 de março.

No início dos anos 90 fui protagonista de inúmeros eventos na região sul do país ligados a música, fanzines e quadrinhos.
No auge dos meus 22 anos de idade, como não havia internet, muito menos blogs, fazíamos tudo para o nosso trabalho, mesmo que fosse escroto, aparecece na mídia, fosse ela escrita, televisiva ou até mesmo nas rádios.

Naquela época tínhamos que comprar revistas para poder acompanhar as novidades e eu era apaixonado pelo trabalho do trio Laerte, Angeli e Glauco (Los Três Amigos). Sempre que eu podia, embora assalariado, comprava uma revista que era devorada em minutos. Os traços do trio muitas vezes serviram de inspiração para o meu antigo fanzine que na época chamáva-se "Mad House".

As minhas revistas guardadas até hoje.


Eu me arriscava a criar e desenhar histórias. E sempre fui muito elogiado, até porque dificilmente se encontra um quadrinhista em qualquer esquina. Ainda mais nos tempos de hoje.

Os tempos modernos trouxeram novas tecnologias para os desenhos e também trouxe mais violência e a vida de Glauco Villas Boas foi ceifada junto com a do seu filho.

Não gostei nem um pouco de escrever sobre esse assunto. Mas senti que devia.

Obrigado pelo seu legado Glauco.



Mais sobre Glauco: http://universohq.blogspot.com/
http://www2.uol.com.br/glauco/index.shtml

19 de fev de 2010

O CARRO MOVIDO A ENERGIA SOLAR


A cada dia que passa alguém mostra uma nova solução. Agora foi a vez de Israel apresentar em sua feira anual de energia o carro movida a energia eólica. A Eilat-Eloit International Renewable Energy Conference & Exhibition terminou no dia 18 de fevereiro. O carro será desenvolvido pela holding Better Place LLC, do milionário Shay Agassi, da qual a Israel Corp faz parte.
O projeto conta com o apoio da montadora Renault, dona da marca Nissan, que pretende renovar a frota de Israel com a nova tecnologia.
O Caso aí há controvérsia. Politicamente falando Israel é parceiro pro que der e vier com os Estados Unidos, um dos maiores consumidores de petróleo do mundo, também um dos maiores poluidores do mundo. É provável que esse caso não saia de um mero projeto.
Mas há quem torça pelo contrário. Provavelmente 90% da população mundial. Espero profundamente estar errado.

26 de jan de 2010

Vokswagen Gol: Uma história de Amor ou de Ódio?


Mais interativo do que nunca o Blog SAVIOMACHADO está dando uma boa oportunidade aos proprietários de Volkswagen Gol para contar aqui a sua história de amor e ódio do carro que foi um dos mais vendidos e mais populares na história automobilística do País.

Este post torna a partir de hoje, um momento especial do blog, pois foi através do Volkswagen Gol que SAVIOMACHADO, na internet, começou a ficar conhecido e tornar-se ponto de debate quando trata-se do assunto lubrificantes x motores. Assunto esse de extrema importância e deveras muito delicado para quem tem um Volkswagen Gol.

Além dos posts comentados aqui no Blog, eu ainda recebo muitos emails de proprietários de veículos de diversas marcas. As vezes são dúvidas que preciso pesquisar.

Mas voltando ao assunto do post "Volkswagen, uma História de Amor ou de Ódio", quero deixar claro que os próprios donos de veículos é que vão contar aqui a sua história. Seja ela de amor ou seja ela em forma de reclamação.
Estou abrindo mão dos inúmeros comentários relacionados ao assunto Volkswagen para que todos tenham acesso e possam ler, refletir e aplicar no dia a dia a experiência dos que vão participar.

Como participar?

É simples. Não estarei dando prêmios ou enaltecendo assuntos ou autores. Basta entrar no link do post, deixar sua história publicada como comentário. Depois que o blog receber o comentário, passará por um processo de filtragem para que não haja erros ou uso indevido da palavra e logo será postado aqui.

Posso enviar fotos?
Claro que pode! As fotos poderão ser enviadas direto para o email saviomachado@gmail.com e também poderão ser publicadas aqui no SM.

A história do Gol e sua relação com seus proprietários é bem antiga. Até hoje existem fãs apaixonados pelo carro.
Lançado no ano de 1980, o Gol é considerado o maior sucesso da Indústria Automobilística chegando a superar em fevereiro de 2001 as vendas do Fusca.



Mas há quem se arrepende de ter comprado, ou tenta resolver os problemas que o motor apresenta ao longo de seu uso, como a borra amarela, muito comentado aqui.

O texto a seguir foi escrito pelo leitor Dan. Ele conta uma história muito interessante e considero o primeiro participar do post público "Volkswagen Gol: Uma História de Amor" (ou será também de ódio?)

"Olá SAVIOMACHADO , parabéns pelo blog . Tenho um Gol G4 2007/2008 1.0 Total Flex e já tive problemas com essas borras . Quando comprei o carro (semi novo +- 1ano de uso) a primeira coisa que fiz foi levar ele na concessionária para fazer a revisão de fábrica . Tudo normal , sem problemas de ignição , partida e motor . Quando comprei o carro , a pessoa tinha falado que só abastecia com alcool e que "nunca tinha dado problema" . Passados 2 meses de uso , resolvi colocar gasolina nele . Resultado : os problemas começaram . Depois que abasteci com gasolina (acho que tinha só 1/4 ou 1/5 de alcool no tanque) deixei o carro na garagem e fui dormir . Quando fui trabalhar , no dia seguinte , o carro não pegava mais e o tal do EPC começou a acender . Liguei na seguradora e o cara conseguiu fazer ele pegar (abriu o filtro de ar e limpou uma mangueira lateral), pensei que tinha resolvido o problema . Daí fui trabalhar . Saindo do trabalho , novamente aconteceu o problema . Chamei novamente a seguradora e guinchei até a concessionária . Nesse dia me deu vontade de processar o vendedor e a Volks , mas não o fiz , acho que amo o Golzinho . Pois bem , deixei o carro 1 dia na concessionária e vieram com várias historinhas : que eu não podia misturar alcool e gasolina no mesmo tanque (então tenho que deixar ele morrer no meio da avenida por falta de combustivel?) , que eu não podia apenas abastecer e desligar o carro , tinha que dar umas voltas com ele por causa de uma tal central de leitura do combustivel (acho que comprei um carro temperamental) , falaram tambem que não era "viável" ficar andando poucos quilometros com ele , enfim , resumindo o consultor técnico disse que fez a regulagem da central de comando , "descontaminou" e "descarbonizou" (nunca tinha ouvido falar disso ,cheguei a pensar que o motor tinha fundido) e o carro estava blz ( o som do motor estava bem melhor , parecia que tinha trocado , EPC ok e pegava sem problemas ) . Ah , depois desse incidente , passei a usar somente alcool , eis que um certo dia fui verificar o nivel de oleo e tcharam !! A borra estava lá . Quando vi aquilo pensei que tinha entrado agua do radiador no motor . Era uma pasta que parecia uma maionese . Fui novamente a concessionária , e pásmem , o consultor disse que era normal por causa da qualidade do alcool do Brasil (conta outra , só abasteço em posto Petrobras)e também falou novamente as mesmas ladainhas citadas acima . Quando começou a aparecer as borras , resolvi colocar gasolina aditivada (o alcool simplesmente não rendia ) e , acredite se quiserem , nunca mais tive problemas de motor fraco , EPC , borra ou outro relacionado com borra . Não sei se isto tem haver com o sumiço da borra , ou com o tipo do óleo do motor , mas convenhamos , a gente compra um carro flex pra tentar economizar no combustível , estou seriamente pensando em trocar de carro (de outra montadora) .
Abraço
!"


Agora é com você! Comece a escrever e conte a sua história para todos!



23 de jan de 2010

RED BULL RACING NO GELO


Mais uma vez a Red Bull Racing surpreende com seu mais novo vídeo. Dessa vez, em baixíssima temperatura o piloto Sebastien Buemi, em alta velocidade, anda sobre um imaginária pista escorregadia coberta de gelo até encontrar o circuito
Gilles Villeneuve.
Fantástico e surpreendente.






18 de jan de 2010

SM DE CARA NOVA DE NOVO


Aqui vai o novo projeto do blog SAVIOMACHADO.

Com o problema relatado aqui no post anterior, tive que reestruturar com uma certa urgência um novo e mais moderno template devido a um erro no antigo modelo. Este chama-se Template Férias. Encontrei no
Templatesparanovobloguer, da paulistana Ariane.

Ainda em processo de adaptação, muitas coisas estão fora do lugar. Mas aos poucos vamos consertando o estrago.
Mas estamos prontos para uma nova temporada.

14 de jan de 2010

ERRO DE TEMPLATE. VEM AÍ VISUAL NOVO


entrando no ano de 2010 ganho um presente. Erro no meu template. Essas letras que estão aparecendo aí do lado, por toda a volta no meu blog, escrito "403 Forbi deen" não foi eu quem colocou.
Como já estava pensando em trocar o template do SM por um mais atual, esse post é provável que seja o último com ele.

Mas também penso que já era hora. Pois as coisas mudam. Ainda mais na internet. Você dorme de um jeito e amanhece de outro. E de alguns meses para cá, com a chegada do Twitter muita coisa mudou. Então vamos acompanhar as mudanças. Daqui a pouco tem cara nova, de novo.


8 de jan de 2010

UMA HISTÓRIA POR TRAS DE UM VOLANTE

Recebi ontem, 07 de janeiro essa obra em vídeo do meu amigo no Twitter Wagner Brandt, @wagnerbrandt, homenageando Rubens Barrichello, desde o início da sua carreira até o fim da temporada de Fórmula 1 em 2009, com ultrapassagens impressionantes e performances que poucos pilotos fariam.
Por tras de um volante Brandt mostrou a garra e a emoção de Rubinho, que marcará uma geração para sempre.
Valeu Wagner! Belíssima homenagem.