18 de jun de 2007

Atenção extra para os fluidos de radiadores

Todo mundo sabe que dentro dos radiadores dos veículos, tem que conter um produto que se chama “aditivo para radiadores”. Bom... mas e aí? O fato é que o aditivo para radiador deve conter anticorrosivo (antiferrugem), para evitar a corrosão do radiador, deve conter inibidor de temperatura alta (antifervura) para evitar o super aquecimento, inibidor de temperatura baixa (anticongelante), para evitar congelamento. O aditivo também deve ser lubrificante para que possa lubrificar a bomba dágua. Isso é o básico para qualquer tipo de fluido de radiador. O problema é que existem muitos fluídos no mercado prometendo todas essas funções citadas acima. Como vamos saber se eles vão cumprir com suas obrigações na hora do funcionamento? Procure ler atentamente o rótulo do produto que você vai comprar. Todos os aditivos para radiadores devem ter uma norma mínima aceitável do Inmetro: NBR 13.705. Em 16/10/97, o Inmetro concluiu a análise em aditivos concentrados para radiador, a fim de verificar a conformidade em relação à Norma NBR 13.705/96.

Em 95, o Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo, em conjunto com o Instituto Paulista da Qualidade, analisou os aditivos concentrados para radiador devido ao grande número de denúncias com relação a este produto e, das 23 marcas analisadas de acordo com os requisitos da norma americana para o produto, apenas 6 foram aprovadas em todos eles. Este resultado negativo mobilizou a ABNT no sentido de criar uma norma brasileira.

Esta nova avaliação visa verificar se os fabricantes/importadores já se adequaram a norma.

Este produto tem em sua composição básica o etilenoglicol ou o propilenoglicol que, embora possuam a mesma função, a de aumentar o ponto de ebulição da água utilizada para resfriar o motor do automóvel, evitando o seu superaquecimento, diferem pelo fato do primeiro ser tóxico e portanto, nocivo à saúde, enquanto o segundo é um produto que pode ser encontrado até mesmo em pastas de dente. Porém, não há nenhum tipo de impedimento normativo para sua utilização do etilenoglicol.

AS HOMOLOGAÇÕES

As hosmologações com aprovação de montadoras são muito importantes. Quando estampadas no rótulo do produto podem passar garantia de se estar usando um produto de confiança, aprovado pela montadora. Podemos usar como exemplo o aditivo para radiadores da Fiat, o Paraflu. Este contem a homologação Fiat 9.55523.

ALGUMAS HOMOLOGAÇÕES MAIS CONHECIDAS NO MERCADO

MERCEDES BENZ:MB325.0

MB325.2

MB325.3

VOLKSWAGEN: G11 (inorgânico – convencional – cor azul ou verde)

G12 - VW 774D (Orgânico de cor rosada ou uva)

FORD: WSS-M 97B44-C

NORMAS

ALGUMAS NORMAS MAIS CONHECIDAS NO MERCADO

ASTM D 3306 - especificação padrão para o refrigerador do motor da base do glicol de etileno para o serviço do dever do automóvel e da luz.

ASTM D 4985 -
especificação padrão para o refrigerador do motor da base do glicol de etileno para o serviço resistente do motor diesel.

D15 em refrigeradores do motor - Retirada do padrão Volume 15.05, 2000 D 4656-98, especificação para o refrigerador aqueous do motor da base do glicol de etileno de Prediluted (% do mínimo de 50 volumes) para automóveis e serviço do Luz-Dever

SAE J 1034 – Norma americana (prevenção contra desgaste de metais)

BIBIOGRAFIA: www.google.com.br, www.inmetro.gov.br

15 comentários:

Anônimo disse...

Afinal Flavio, qual é o melhor fluido de radiador?? Os recomendados pelos manuais dos veiculos??

SAVIOMACHADO disse...

Exatamente meu amigo Anônimo. Cada veículo tem seu respectivo fluído de arrefecimento ou fluído para radiador.
É sempre bom verificar no manual qual é o produto que o fabricante indica. Assim você ficará resguardado da garantia da montadora.
Obrigado pela visita e o comentário no SM.
Grande abraço.
SAVIOMACHADO

Anônimo disse...

Olà
Como ter a certeza se o aditivo que estou adquirindo esta na concentração certa do tal etilenoglicol

Como medir isto

Anônimo disse...

com um refratômetro,ele mede a concentração do aditivo á agua

SAVIOMACHADO disse...

Olá pessoal. Existem algumas maneiras de observar se o produto tem capacidade de atender as respectivas montadoras. Uma delas é usar o produto aprovado. Por exemplo, a Fiat tem que usar o Paraflu, A Volkswagen deve usar o G12 ou G11, dependendo do ano do carro. Outra maneira maneira de saber se o produto contem monoetilenoglicol é lendo no frasco. Mas fiquem atentos que existem muitas empresas de fundo de quintal envazando corante com água e dizendo que é fluido para radiador. Geralmente os mais baratos nao contem monoetileno. Procurem comprar marcas que tenham responsabilidade com montadoras, como por exemplo os produtos da Total (companhia francesa), enchimento da Renault, Peugeot e Citroen.
Abraços.
SAVIOMACHADO

Anônimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado

SAVIOMACHADO disse...

Anônimos, Muito obrigado.
SAVIOMACHADO

ricardocrispim disse...

Bom dia Savio. Estou com u problema de formação de uma espécie de borra no sistema de arrefecimento de um caminhão VW Constellation. Originariamente a VW recomenda utilizar um anticorrosivo, porém,como o trabalho é feito em canaviais 24 hs dia, estava havendo uma obstrução parcial do radiador e estava havendo superaquecimento, troquei por fluido à base de etileno glicol de boa procedência e acabram-se os problemas ligados à refrigeração, porém, de uns tempos para cá venho notando a formação de uma espécie de borra na tampa do vaso de expansão, que consunde até o sensor de nível de fluido de arrefecimento, dando leitura errada no computador de bordo que acusa insuficiência de fluido. O que pode estar causando essa formação de borra no vaso de expansão?Um abraço
Ricardo

SAVIOMACHADO disse...

Olá, bom dia Ricardo. Por favor, envie um email para mim que te farei uma consulta. saviomachado@gmail.com. Fico no agurdo. Um abraço.
SAVIOMACHADO

Anônimo disse...

gostaria de saber se eh necessario aplicar agua junto com o fluido ? ou apenas o fluido puro ? grato

SAVIOMACHADO disse...

Olá Anônimo! Obrigado pela visita no Blog SM. Vai depender do tipo do Fluído para Radiador. Se ele for concentrado deverá ser diluído em água. Se for pronto para uso deverá ser puro.
Um abraço.

Anônimo disse...

I really like what you guys are up too. This type of clever work and coverage!
Keep up the great works guys I've incorporated you guys to my own blogroll.

Here is my blog post ... pezzi di ricambio usati auto ()

Anônimo disse...

Olá Savio,tenho um voyage 2011 vou fazer a troca do aditivo de arrefecimento,como o G12 original da VW é muito caro,eu quero usar a solução arrefecedora da Wurth,não sei se vc conhece mas contém monoetilenoglicol e a norma que ela atende não é a 13705 e sim a 14261,outra coisa que me deixou um pouco com pé atrás é o ponto de ebulição que é só 108º.
Grato,
Vando.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.