31 de jan de 2009

DESAFIOS DA ACEA NAS MÃOS DE CARLOS GHOSN

A ACEA (Associação Europeia de Construtores de Automóveis) enfrenta, assim como muitas empresas do mundo um grande desafio: Alcançar suas metas para a diminuição dos níveis de CO2 ao meio ambiente e conseguir dinheiro para financiar suas pesquisas. Foram 40 milhões deu euros pedidos a Comissão Europeia (CE).
O novo presidente da ACEA eleito em dezembro de 2008, o brasileiro Carlos Ghosn, presidente da Renault e Nissan reuniu-se com o presidente da Comunidade Européia, Durão Barroso e apresentou propostas na tentativa de diminuir os grandes problemas que as montadoras vem enfrentando.
"A indústria automobilística mundial está enfrentando dois desafios significativos: Um grave colapso financeiro geminada com uma recessão econômica, e uma importante transição para baixas emissões de CO2 dos veículos. Neste contexto, um diálogo eficaz com as instituições da União Européia e os governos é mais importante do que nunca", disse Carlos Ghosn, sobre as prioridades do seu mandato.


FONTE: atzonline.com
iconocast.com
Imagem: Blogauto.com.br

30 de jan de 2009

KAWASAKI VAI TERCEIRIZAR EQUIPE NO MOTOGP

Dia 5 de Fevereiro, o circuito de Sepang vai receber a turma do MotoGP para início dos testes da pré temporada 2009. Serão 3 dias cheio de novidades para os fãs do esporte. Mas a maior novidade é a participação da Kawasaki, que havia anunciado a sua retirada da categoria máxima da moto velocidade. Quem assumiu a grande responsabilidade foi o francês Olivier Jacque e o japonês Tamaki Serizawa, ambos pilotos de teste da equipe.
Teoricamente a montadora japonesa terceirizará o trabalho das pistas ficando apenas na supervisão dando assistência ao grupo.
A nova Kawasaki Ninja ZX-RR 2009 foi testada no circuito de Eastern Creek, a poucos quilômetros de Sydney, na Austrália.

- "A impressão da moto é positiva. De forma geral parece mais leve e mais ágil. O trabalho feito durante o inverno foi mesmo positivo. Agora temos de fazer alguns quilômetros para termos uma idéia melhor do potencial da moto". Disse Olivier Jacque ao site oficial da Kawasaki

29 de jan de 2009

PROBLEMAS COM INTERNET EXPLORER


Aviso aos navegantes: Estou com problemas para quem acessa o blog via Internet Explorer. O navegador mostra apenas o último post publicado, sem comentários e sem opção para comentar. Outros navegadores estão normais (Mozilla, Google Chrome...). Desculpem o transtorno. Espero resolver isso logo.

19 de jan de 2009

ENCERRAMENTO DAKAR 2009


Encerrou dia 18, no domingo as solenidades do Dakar 2009, a maior competição de rally do mundo. E com certeza uma das mais difíceis já realizadas nos últimos anos. O continente Latino Americano mostrou um terreno de extrema dificuldade aos seus participantes que culparam a organização, Amaury Sport Organization (ASO), por terem poucas informações sobre o terreno ou informações incompletas, como no acidente envolvenvendo o Volkswagen de Carlos Sainz. Seu navegador após receber os cuidados dos assistentes chegou a comentar sobre o rio seco que encontraram:
"Cometemos um pequeno erro de navegação no início e perdemos cerca de dez minutos, mas ainda estava tudo bem. Então, chegamos a um ponto cego que a planilha classificava como 'perigoso', só que deveria estar indicado como 'extremamente perigoso."
Assim foram algumas reclamações
. Mas é claro... Não dá pra chorar depois do leite derramado. Assim o Rally Dakar encerrou com uma dobradinha da Volkswagen. O sul africano Giniel de Villier e seu navegador alemão Dirk Von Zitzewitz quebraram a sequência de sete vitórias da japonesa Mitsubisch.

Nas motos a vitória foi do espanhol Marc Coma. Liderou desde o início do rally até seu final.
"Foram muitos dias de corrida, com bastante trabalho. Estou realmente feliz. Foi uma competição bem dura. Não conhecíamos o terreno direito e foi difícil encontrar uma boa estratégia. Preciso agradecer a todos da equipe, que fizeram um trabalho maravilhoso. Há muita gente trabalhando atrás da cena e eles merecem essa vitória tanto quanto eu. Agora posso aproveitar o momento"

Nos quadriciclos a vitória foi Josef Machacek da República Checa.


Nos caminhões a vitória foi do russo Firdaus Kabirov que conseguiu derrotar o pentacampeão Vladimir Chagin.

Na foto: Firdaus Gabirov, Aydar Belyaev e Andrey Monkeev


Veja como ficou a classificação dos competidores incluindo os brasileiros:

Motos

1. Marc Coma / Espanha / KTM, 52h14min33s
2. Cyril Despres / França / KTM, a 1h25min38s
3. David Fretigne / França / Yamaha, a 1h38min56s
4. David Casteu / França / KTM, a 2h17min54s
5. Helder Rodrigues / Portugal / KTM, a 2h22min11s
6. Pal-Anders Ullevalseter / Noruega / KTM, a 2h25min02s
7. Jordi Viladoms / Espanha / KTM, a 2h28min29s
8. Frans Verhoeven / Holanda / KTM, a 2h50min39s
9. Henk Knuiman / Holanda / KTM, a 3h22min41s
10. Paulo Gonçalves / Portugal / Honda, a 4h12min42s
12. Zé Hélio Rodrigues / Brasil / Honda, a 4h54min57s
31. Rodolpho Mattheis / Brasil / Yamaha, a 13h39min33s

Quadriciclos


1. Josef Machacek / República Checa / Yamaha, 68h22min06s
2. Marcos Patronelli / Argentina / Can-AM, a 2h34min00s
3. Rafal Sonik / Polônia / Yamaha, a 7h42min34s
4. Hubert Deltrieu / França / Polaris, a 11h13min31s
5. Oldrich Brazina / Repúbliba Checa / Yamaha, a 15h59min51s
6. Carlos Avendano / Espanha / Suzuki, a 16h44min15s
7. Eric Carlini / França / Polaris, a 25h10min45s
8. Elisabeth Kraft / França / Polaris, a 26h12min39s
9. Olivier Pottier / França / Can-AM, a 40h20min38s
10. Jose Maria Pena / Espanha / Yamaha, a 46h46min05s

Carros

1. Giniel de Villiers-Dirk von Zitzewitz / África do Sul-Alemanha / Volkswagen, 48h10min57s
2. Mark Miller-Ralph Pitchford / Estados Unidos-África do Sul / Volkswagen, a 8min59s
3. Robby Gordon-Andy Grider / Estados Unidos-Estados Unidos / Hummer, a 1h46min15s
4. Ivan Tollefsen-Quin Evans / Noruega-Grã Bretanha / Nissan, a 6h04min34s
5. Krzysztof Holowczyc-Jean Marc Fortin / Polônia-Bélgica / Nissan, a 6h37min49s
6. Dieter Depping-Timo Gottschalk / Alemanha-Alemanha / Volkswagen, a 8h43min29s
7. Miroslav Zapletal-Tomas Ourednicek / República Checa-República Checa, a 11h03min08s
8. Leonid Novitsikiy-Oleg Tyupenkin / Rússia-Rússia / BMW, a 13h15min13s
9. Guerlain Chicherit-Matthieu Baumel / França-França / BMW, a 14h49min49s
10. Nani Roma-Lucas Senra / Espanha-Espanha / Mitsubishi, a 17h27min46s
23. Jean Azevedo-Youssef Haddad / Brasil-Brasil / Mitsubishi, a 30h08min48s
65. Paulo Pichini-Lourival Roldan / Brasil-Brasil / Mitsubishi, a 95h16min23s

Caminhões

1. Firdaus Kabirov-Aydar Belyaev-Andrey Mokeev / Rússia-Rússia-Rússia / Kamaz, 49h34min46s
2. Vladimir Chagin-Sergey Savostin-Eduard Nikolaev / Rússia-Rússia-Rússia / Kamaz, a 3min39s
3. Gerard de Rooy-Tom Colsoul-Marcel van Melis / Holanda-Bélgica-Holanda, Ginaf, a 59min56s
4. Ilgizar Mardeev-Viatcheslav Mizyukaev-Ayrat Mardeev / Rússia-Rússia-Rússia / Kamaz, a 6h46min30s
5. Franz Echter-Detlef Ruf-Artur Klein / Alemanha-Alemanha-Alemanha / MAN, a 7h19min41s
6. André Azevedo-Maykel Justo-Jaromir Martinec / Brasil-Brasil-República Checa / Tatra, a 9h31min18s
7. Pep Vila Roca-Moises Torrellardona-Joaquim Busoms / Espanha-Espanha-Espanha / Mercedes, a 16h06min40s
8. Wulfert Van Ginkel-Willem Tijsterman-Richard de Rooy / Holanda-Holanda-Holanda / Ginaf, a 16h27min47s
9. Jordi Juvanteny-Jose Luis Criado-Fina Roman / Espanha-Espanha-Espanha / MAN, a 19h53min45s
10. Zoltan Szaller-Lazlo Pocsik-Tibor Csitari / Hungria-Hungria-Hungria / MAN, a 20h27min01s



Fontes: Dakar.com
SidneyRezende.com

17 de jan de 2009

ARMADILHAS NA ARGENTINA

O espanhol Carlos Sainz vinha numa boa tocada com seu Volkswagen no Dakar. Seu desempenho era deveras impressionante.


Durante a especial desta quinta-feira, entre as cidades argentinas de Fiambala e La Rioja Carlos Sainz e seu navegador Michel Perin cometeram um deslize que custou o abandono da competição. A pouca visibilidade fez com que o piloto encontrasse um rio seco provocando uma capotagem em seu Volkswagen que ficou com as quatro rodas viradas para cima. O navegador francês fraturou o homoplata e teve que ser socorrido pelas equipes de assistência, causando assim a desclassificação da dupla.

Em outro Volkswagen vinha o sul-africano Giniel de Villers e o navegador alemão Dirk Von Zitzewitz. A dupla fez o melhor tempo e assumiu o topo da classificação. Foram 223 quilômetros cronometrados em 4h06min43. 16min17s depois chegou o norte-americano Mark Miller em mais um Volkswagen. O domínio da montadora alemã é de admirar.

Mas o que impressiona neste rally são as armadilhas que são encontradas ao longo do trajeto. Vidas são ceifadas em busca de uma vitória na competição a motor mais difícil que existe no planeta. Este ano por ser em outro continente, ficou nítido a dificuldade que os pilotos vem encontrando de se manter na competição. O terreno acidentado, com muitas pedras na Argentina e areia fofa do Deserto de Atacama vem surpreendendo os pilotos e seus espectadores.

Segue as imagens do acidente de Sainz e Michel Perin.




Fontes: Dailymotion.com

Abril.com
Sic.aeiou.com.pt
Afp.com

10 de jan de 2009

MAIS UMA TURMA DE JAPONÊS VAI EMBORA



Dessa vez foi a equipe Kavasaki Racing Team que retirou-se do MotoGP. Os comentários pela internet sobre a saída da equipe japonesa já era sabido desde o final de dezembro. Só que se oficializou ontem nesta sexta feira dia 09 de janeiro.

A Kavasaki culpa a crise mundial pela sua saída:
"Como a economia mundial não irá recuperar-se em um curto período, devido ao grande impacto da crise financeira, decidiu-se suspender as atividades a partir de 2009".

Ainda, no site oficial da Kavasaki o diretor-geral da equipe japonesa, Mr.Yoshio Kawamura deixou claro seu profundo agradecimento a todos os fãs, colaboradores e principalmente a equipe Kavasaki Racing Team.

O grid do MotoGP ficará com apenas 17 motocicletas caso ninguém compre o espólio da equipe japonesa. Mas há probabilidade da Aspar, de Jorge Martinez, que tem equipes nas categorias 125cc e 250cc comprar o espólio da Kawasaki. Caso isso não venha acontecer os dois pilotos John Hopkins e Marco Melandri ficarão desempregados.

Com a saída da Kavasaki do MotoGP, já são 4 as montadoras que deixam as competições. A Honda na Fórmula 1, a Subaru e a Suzuki no WRC.




9 de jan de 2009

TENDÊNCIA A DEPRESSÃO E CLAUSTROFOBIA

Assim está no arquivo Wikipedia sobre o conceito do tipo de música elaborada pela banda chamada Joy Division, fundada em 1976 na cidade de Manchester, na Inglaterra. O vocalista e guitarrista Ian Curtis foi o mentor do que se tornou a banda. Um verdadeiro mito que até hoje é reverenciado pelas suas poesias profundas e doloridas. A morte trágica de Ian fez com que Bernard Summer (guirtarra e teclado), Peter Hook (baixo e vocal) e Stephen Morris (bateria) desistissem do Joy Division. Após longo período de depressão e clausura em sua própria casa Ian Curtis enforcou-se deixando a esposa e uma filha ainda pequena, no dia 18 de maio de 1980. Para os fãs ele deixou um mundo de obscuridade, poesias que falavam de amor, desespero e solidão.
Durante o ano de 2007 o filme Control mostrou a história da banda desde o romance de Ian e Deborah Curtis até o fim da banda que culminou no suicídio por enforcamento do vocalista.
Os três integrantes formaram uma nova banda chamada New Order no mesmo ano.

As músicas causam tanto impacto que surpreende. E não há quem não queira fazer uma performance cantando uma música do Joy Division.
O vídeo aí é nada mais nada menos que Radiohead tocando o clássico Cerimony.






Veja também:
Cerimony - New Order: http://www.youtube.com/watch?v=-url7FON-Fk

7 de jan de 2009

PRIMEIRA BAIXA NO TRIGÉSIMO RALLY DAKAR

Quisera eu dar somente notícias boas por aqui. Hoje, dia 07 de janeiro a organização do Dakar 2009 anunciou a morte do motard francês Pascal Terry, de 49 anos.

Pascal Terry estava sendo procurado pela organização desde domingo, quando não se apresentou depois da segunda etapa entre Santa Rosa e Puerto Madryn.
A organização ao perceber que o francês não havia regressado, tentou contato via satélite, sem êxito. No dia seguinte um veículo da Defesa Civil Argentina fez buscas durante todo o trajeto. Pascal Terry foi encontrado as 2 e 10 da manhã de quarta-feira. Ele estava a 15 metros de sua motocicleta, com comida e água por perto em baixo de uma árvore.
Era a primeira vez que estava participando do Rally Dakar. Confiante em completar todos os trajetos ele fez o seguinte comentário: "Penso que vai ser excepcional. O lugar é fabuloso. Vamos viver um grande momento e vou fazer o que puder para aproveitar ao máximo todas as etapas do rali". Uma lástima.

Fonte: TVNet.pt
Webventura

3 de jan de 2009

EMOÇÃO NO DESFILE DE ABERTURA EM BUENOS AIRES

"Sem precendentes". Assim os organizadores do Dakar na Argentina definiram o desfile pelas ruas de Buenos Aires. Foram mais de 500 mil pessoas para as ruas ovacionar os concorrentes. A multidão se estendeu pela Avenida 9 de julho até o parque fechado. "Eu esperava que houvesse muitas pessoas, mas isso que aconteceu aqui foi incrivel. Tive calafrios ao ver as crianças vindo ao nosso encontro. É um sonho para nós ver os olhos das crianças." Comentou o piloto francês Franck Cornille (moto).
Para os latinos isto é uma grande festa e como tal, a felicidade principalmente do povo argentino que vem sofrendo com a crise mundial também, será evidente. O mundo do esporte automobilístico está voltado para lá. É um momento único e com certeza a felicidade é de todos.



FONTES: Dakar.com

Dakar.France2

1 de jan de 2009

RALLY DAKAR 2009

Está começando o maior rally do mundo. Um evento extraordinário com quinhentas equipes participantes entre carros, quadriciclos, caminhões e motos.

Devido aos atentados nos últimos anos culminando com o seqüestro de 4 jornalistas em 2007 pela Alkaeda, a organização do Dakar, Amaury Sport Organization (ASO) transferiu o evento para a América Latina com saída de Buenos Aires na Argentina, passando pelo Chile, no Deserto de Atacama e retornando a Buenos Aires. O Rally começa no dia 03 de janeiro e termina dia 18 do mesmo mês.
O Francês Stephane Peterhansel, 43 anos, é o homem a ser batido. Com larga experiência em rallys, o "Diabo Vermelho", como é conhecido, tem um currículo de nada menos que 9 vitórias, sendo 6 de motocicleta com a Yamaha e 3 em carros. Um na equipe da Nissan e as outras duas com a Mitsubishi.


Stéphane Peterhansel conversa com seu navegador Jean Paul Cottret. O francês vai tentar buscar sua quarta vítória tripulando seu Mitusubishi Lancer

O Brasil terá 17 competidores no Rally Dakar. No total, largando de Buenos Aires, serão 230 motos (6 do Brasil), 30 quadriciclos (1 do Brasil), 188 carros (4 do Brasil) e 82 caminhões (1 do Brasil), representando 49 nacionalidades distintas. Nunca houve tantos competidores brasileiros nesta modalidade. O fato de o Rally Dakar ter mudado de continente e vir para tão perto do Brasil, facilitou a participação. Agora é ver as imagens e acompanhar a incrivel aventura desses homens e mulheres corajosos que vão se arriscar entre dunas e montanhas para vencer o Rally Dakar.


clique na foto para ampliar



Fontes: DiariodeLosAndes.com.ar
Youtube
Dakar.com
wikipedia