28 de out de 2008

A CAMINHO DE INTERLAGOS


No início do ano havia dito que não iria à Fórmula 1 novamente porque é muito desconfortante sair do Rio Grande do Sul, viajar de avião até São Paulo, depois ir para um hotel que pode não ser aquilo que você espera, descarregar suas malas e preparar-se para um longo trajeto até Interlagos. Chegando lá encontramos uma "muvuca" de gente tão grande que é mesmo assustador. Aí você pega o seu crachá, dá uma confirida no setor e o portão que deverá entrar. Sai caminhando, caminhando, caminhando até encontrar o portão. Uma multidão estará lá também. Aperta dali aperta daqui e consegue entrar... Seguindo nossa trajetória até encontrar um lugar que se possa ver a corrida bem tranquilo. Se você esqueceu um radinho para poder acompanhar a narrativa pela Radio Bandeirantes, ferrou. Você não vai conseguir ententer "patavinas" da corrida. Não saberá quem está em primeiro, muito menos em último. Leve um protetor de ouvido. Compre numa ferragem por R$ 0,50 (cinquenta centavos) no máximo. Se comprar em Interlagos pagará R$ 3,00 (três reais). Você precisará dele devido ao violento barulho dos motores que passam na pista. O som é tão fino que entra lá dentro do tímpano e realmente dói. Dói mesmo.
Caso sinta fome e tenha vontade de comer alguma coisa, não espere grandes banquetes, ou restaurantes com garçons engravatados. A refeição é boa parte com lanches como hamburgeres, pão com galinha, pão com linguiça, mini pizza, etc.. As bebidas são cerveja, água e refrigerantes.
Resumindo. É uma grande aventura. Quem nunca foi, eu recomendo que vá. Veja os carros, veja a multidão apaixonada ou louca (como queira) pela velocidade.



Bem... Mas voltando ao assunto, esse ano terei que ir. Mas será por uma boa razão que conto a vocês nos próximos posts.
Espero não passar todo esse trabalho. Nos falamos de lá. Até mais.


21 de out de 2008

ALONSO X KOVALAINEN

Já tinha visto o vídeo abaixo e ia postar aqui no SM. Dois dias depois a Fia mandou tirar do Youtube alegando direitos autorais. Agora surgiu outro vídeo melhor que o primeiro. Veja a seguir a ultrapassagem de Fernando Alonso sobre de Heikki Kovalainen. Notem que o motor da Mclaren parece bem mais afinado que a Renault. Mesmo assim Alonso briga pela posição e consegue o quarto lugar.
Ter um bom piloto faz uma diferença enorme.

20 de out de 2008

DE OLHO NA TROCA DE ÓLEO DA CONCESSIONÁRIA


Nessas minhas viagens que costumo fazer me deparei com um cliente indignado com o trabalho de uma concessionária. Havia comprado um carro zero quilômetro e estava indo à concessionária pela primeira vez. Foi fazer a troca de óleo e viu que a viscosidade que haviam colocado na oficina da concessionária não era a mesma que estava no manual.
A viscosidade do carro aqui comentado é 10w30 e a viscosidade que colocaram em seu carro foi 15W50.
Nessas horas, independente de ser concessionária ou não, exija a viscosidade padrão do manual. Seu carro vai aceitar qualquer tipo de lubrificante no motor. Mas exija a viscosidade que consta no Manual do Proprietário.
O caso é que algumas montadoras fecham parcerias com empresas fornecedoras de lubrificantes que as vezes não tem nem a viscosidade original do veículo que o proprietário compra. Realmente isso é uma vergonha e um desrespeito com o consumidor.
Fique de olho!

3 de out de 2008

NOVO FIAT 2009 COM LUBRIFICANTE 5W30


A cada ano que passa as viscosidades dos lubrificantes diminuem mais. Dessa vez foi a lider Fiat passar a usar 5W30 nos seus novos motores fire 2009. A montadora italiana desenvolveu um pacote de mudanças internas no motor deixando-o mais leve e chegando a fazer 26,66 km/litro. Essa marca foi obtida num torneio entre jornalistas promovido pela própria Fiat. O vencedor que chegou nessa quilometragem foi o jornalista da Motors TV Ricardo Mendonça Dilser.
A tendência de economia de combustível está estendendo-se a todas as montadoras e vai ser o tópico mais influente na busca das montadoras para novos clientes.
O vídeo abaixo foi elaborado pela Mecânica Online.