10 de jan de 2009

MAIS UMA TURMA DE JAPONÊS VAI EMBORA



Dessa vez foi a equipe Kavasaki Racing Team que retirou-se do MotoGP. Os comentários pela internet sobre a saída da equipe japonesa já era sabido desde o final de dezembro. Só que se oficializou ontem nesta sexta feira dia 09 de janeiro.

A Kavasaki culpa a crise mundial pela sua saída:
"Como a economia mundial não irá recuperar-se em um curto período, devido ao grande impacto da crise financeira, decidiu-se suspender as atividades a partir de 2009".

Ainda, no site oficial da Kavasaki o diretor-geral da equipe japonesa, Mr.Yoshio Kawamura deixou claro seu profundo agradecimento a todos os fãs, colaboradores e principalmente a equipe Kavasaki Racing Team.

O grid do MotoGP ficará com apenas 17 motocicletas caso ninguém compre o espólio da equipe japonesa. Mas há probabilidade da Aspar, de Jorge Martinez, que tem equipes nas categorias 125cc e 250cc comprar o espólio da Kawasaki. Caso isso não venha acontecer os dois pilotos John Hopkins e Marco Melandri ficarão desempregados.

Com a saída da Kavasaki do MotoGP, já são 4 as montadoras que deixam as competições. A Honda na Fórmula 1, a Subaru e a Suzuki no WRC.




3 comentários:

Ron Groo disse...

É a debandada dos orientais.
A Kawa saiu por absoluto desinteresse em competições. Mais uma vez acho que foi mais por falta de resultados do que pela crise. Mas... Sayonara gotsumasu Kawa!

Net Esportes disse...

Impressionante como os japoneses estão abandonando tudo assim, será que realmente foram pegos de jeito pela crise ou são muito espertos para saírem antes que a coisa fique preta de vez ??? !!!!!!

Fábio Andrade disse...

Putz, me parece que a crise virou motivo pra tudo.

Começo a me perguntar até que ponto a crise é realmente a motivadora para a debandada...