19 de jan de 2009

ENCERRAMENTO DAKAR 2009


Encerrou dia 18, no domingo as solenidades do Dakar 2009, a maior competição de rally do mundo. E com certeza uma das mais difíceis já realizadas nos últimos anos. O continente Latino Americano mostrou um terreno de extrema dificuldade aos seus participantes que culparam a organização, Amaury Sport Organization (ASO), por terem poucas informações sobre o terreno ou informações incompletas, como no acidente envolvenvendo o Volkswagen de Carlos Sainz. Seu navegador após receber os cuidados dos assistentes chegou a comentar sobre o rio seco que encontraram:
"Cometemos um pequeno erro de navegação no início e perdemos cerca de dez minutos, mas ainda estava tudo bem. Então, chegamos a um ponto cego que a planilha classificava como 'perigoso', só que deveria estar indicado como 'extremamente perigoso."
Assim foram algumas reclamações
. Mas é claro... Não dá pra chorar depois do leite derramado. Assim o Rally Dakar encerrou com uma dobradinha da Volkswagen. O sul africano Giniel de Villier e seu navegador alemão Dirk Von Zitzewitz quebraram a sequência de sete vitórias da japonesa Mitsubisch.

Nas motos a vitória foi do espanhol Marc Coma. Liderou desde o início do rally até seu final.
"Foram muitos dias de corrida, com bastante trabalho. Estou realmente feliz. Foi uma competição bem dura. Não conhecíamos o terreno direito e foi difícil encontrar uma boa estratégia. Preciso agradecer a todos da equipe, que fizeram um trabalho maravilhoso. Há muita gente trabalhando atrás da cena e eles merecem essa vitória tanto quanto eu. Agora posso aproveitar o momento"

Nos quadriciclos a vitória foi Josef Machacek da República Checa.


Nos caminhões a vitória foi do russo Firdaus Kabirov que conseguiu derrotar o pentacampeão Vladimir Chagin.

Na foto: Firdaus Gabirov, Aydar Belyaev e Andrey Monkeev


Veja como ficou a classificação dos competidores incluindo os brasileiros:

Motos

1. Marc Coma / Espanha / KTM, 52h14min33s
2. Cyril Despres / França / KTM, a 1h25min38s
3. David Fretigne / França / Yamaha, a 1h38min56s
4. David Casteu / França / KTM, a 2h17min54s
5. Helder Rodrigues / Portugal / KTM, a 2h22min11s
6. Pal-Anders Ullevalseter / Noruega / KTM, a 2h25min02s
7. Jordi Viladoms / Espanha / KTM, a 2h28min29s
8. Frans Verhoeven / Holanda / KTM, a 2h50min39s
9. Henk Knuiman / Holanda / KTM, a 3h22min41s
10. Paulo Gonçalves / Portugal / Honda, a 4h12min42s
12. Zé Hélio Rodrigues / Brasil / Honda, a 4h54min57s
31. Rodolpho Mattheis / Brasil / Yamaha, a 13h39min33s

Quadriciclos


1. Josef Machacek / República Checa / Yamaha, 68h22min06s
2. Marcos Patronelli / Argentina / Can-AM, a 2h34min00s
3. Rafal Sonik / Polônia / Yamaha, a 7h42min34s
4. Hubert Deltrieu / França / Polaris, a 11h13min31s
5. Oldrich Brazina / Repúbliba Checa / Yamaha, a 15h59min51s
6. Carlos Avendano / Espanha / Suzuki, a 16h44min15s
7. Eric Carlini / França / Polaris, a 25h10min45s
8. Elisabeth Kraft / França / Polaris, a 26h12min39s
9. Olivier Pottier / França / Can-AM, a 40h20min38s
10. Jose Maria Pena / Espanha / Yamaha, a 46h46min05s

Carros

1. Giniel de Villiers-Dirk von Zitzewitz / África do Sul-Alemanha / Volkswagen, 48h10min57s
2. Mark Miller-Ralph Pitchford / Estados Unidos-África do Sul / Volkswagen, a 8min59s
3. Robby Gordon-Andy Grider / Estados Unidos-Estados Unidos / Hummer, a 1h46min15s
4. Ivan Tollefsen-Quin Evans / Noruega-Grã Bretanha / Nissan, a 6h04min34s
5. Krzysztof Holowczyc-Jean Marc Fortin / Polônia-Bélgica / Nissan, a 6h37min49s
6. Dieter Depping-Timo Gottschalk / Alemanha-Alemanha / Volkswagen, a 8h43min29s
7. Miroslav Zapletal-Tomas Ourednicek / República Checa-República Checa, a 11h03min08s
8. Leonid Novitsikiy-Oleg Tyupenkin / Rússia-Rússia / BMW, a 13h15min13s
9. Guerlain Chicherit-Matthieu Baumel / França-França / BMW, a 14h49min49s
10. Nani Roma-Lucas Senra / Espanha-Espanha / Mitsubishi, a 17h27min46s
23. Jean Azevedo-Youssef Haddad / Brasil-Brasil / Mitsubishi, a 30h08min48s
65. Paulo Pichini-Lourival Roldan / Brasil-Brasil / Mitsubishi, a 95h16min23s

Caminhões

1. Firdaus Kabirov-Aydar Belyaev-Andrey Mokeev / Rússia-Rússia-Rússia / Kamaz, 49h34min46s
2. Vladimir Chagin-Sergey Savostin-Eduard Nikolaev / Rússia-Rússia-Rússia / Kamaz, a 3min39s
3. Gerard de Rooy-Tom Colsoul-Marcel van Melis / Holanda-Bélgica-Holanda, Ginaf, a 59min56s
4. Ilgizar Mardeev-Viatcheslav Mizyukaev-Ayrat Mardeev / Rússia-Rússia-Rússia / Kamaz, a 6h46min30s
5. Franz Echter-Detlef Ruf-Artur Klein / Alemanha-Alemanha-Alemanha / MAN, a 7h19min41s
6. André Azevedo-Maykel Justo-Jaromir Martinec / Brasil-Brasil-República Checa / Tatra, a 9h31min18s
7. Pep Vila Roca-Moises Torrellardona-Joaquim Busoms / Espanha-Espanha-Espanha / Mercedes, a 16h06min40s
8. Wulfert Van Ginkel-Willem Tijsterman-Richard de Rooy / Holanda-Holanda-Holanda / Ginaf, a 16h27min47s
9. Jordi Juvanteny-Jose Luis Criado-Fina Roman / Espanha-Espanha-Espanha / MAN, a 19h53min45s
10. Zoltan Szaller-Lazlo Pocsik-Tibor Csitari / Hungria-Hungria-Hungria / MAN, a 20h27min01s



Fontes: Dakar.com
SidneyRezende.com

2 comentários:

Ron Groo disse...

É acabou...
Se continuar sendo animado assim nos proximos anos (tomara que continue nesta região) o ralli tem tudo pra voltar a ser o grande evento que é.
Foi uma cobertura muito bacana a sua Sávio. Valeu!

SAVIOMACHADO disse...

Concordo contigo. Tomara que fique por aqui. Mas não acredito muito nisso. Até porque nem o nome não é daqui. Obrigado Groo.
Grande abraço.