5 de ago de 2007

A MANUTENÇÃO DOS FILTROS



Muitas pessoas me perguntam quando devemos trocar o filtro do óleo do motor. Até mesmo oficinas mecânicas as vezes atrapalham-se com essa questão. A maioria dos proprietários de veículos, reparadores e postos de gasolinas afirmam que o filtro de óleo deverá ser trocado uma troca de óleo sim outra não. Essa cultura não está errada se formos aplicá-la nos meados de 1977 em que os lubrificantes duravam no máximo 3.000 km. O papel filtrante do filtro poderia durar mais tempo, assim poderia ficar no motor sem ser substituido por outro. Só que estamos em outras épocas e os lubrificantes evoluiram tanto que hoje chegam a durar 15 ou até mesmo 20.000 km sem precisar fazer troca de óleo. Dá pra imaginar como fica o papel que faz a tarefa de filtrar as impurezas de um óleo quando ele já está com 10.000 km? Pois é... Fica muito sujo mesmo. E as algumas vezes queremos fazer a economia de não trocar o filtro e trocamos apenas óleo, contaminando o óleo novo com o óleo velho que fica dentro do filtro. E ainda se corre o risco de peças internas do filtro se desintegraram e ir parar nas canaletas que levam o óleo até o motor, bloqueando a passagem e provocando até mesmo uma quebra que pode custar muito caro.
O ideal é fazer a troca como manda a montadora. Verificar o manual do proprietário. Geralmente a cada 5.000 km trocar o óleo e trocar o filtro também. Isso dá margem de segurança. Para os lubrificantes sintéticos e semi sintéticos que podem chegar a 10.000 km também deverá ser trocado o filtro toda a vez que efetuar a troca de óleo. Já existem novas tecnologias de filtros com papéis sintéticos que duram bem mais no motor que os tradicionais. Algumas montadoras já estão exigindo isso nos seus veículos. É o caso da Audi.
A economia de não trocar o filtro a cada troca de óleo pode ser realmente perigoso e não vale a pena o risco que se corre.
Outro item que não devemos esquecer é o
filtro de ar. Tão importante quanto o filtro de óleo. O dispositivo impede que impurezas, como poeira, fuligem e areia possam ser aspirados pelo motor. Ele deve ser trocado de acordo com a recomendação do fabricante do veículo. Nunca devemos limpar ou passar ar no papel filtrante para que as fibras que bloqueiam as impurezas não se rompam. É recomendável checar as condições do filtro antes de uma viagem para a praia. A regra segue para o filtro de combustível. Efetuar a troca do filtro de combustivel de acordo com o manual do proprietário. Pode se trocar a cada 15.000 km nos veículos com motor injetado. Já nos carburados a troca deverá ser mais seguida, a cada 8.000 km. Outro elemento que agora faz parte da maioria dos veículos que saem das montadoras é o filtro do ar condicionado, também conhecido como filtro de cabine. São de suma importância para a qualidade do ar que respiramos no interior do veículo. A troca períodica é indispensável para a boa saúde do motorista e dos passageiros.

Nenhum comentário: