17 de jul de 2010

LUBRIFICANTE X ECONOMIA DE COMBUSTÍVEL


A Cosan Combustíveis e Lubrificantes, responsável pela distribuição dos combustíveis e lubrificantes ExxonMobil no Brasil está fazendo uma campanha publicitária que pela primeira vez explora na mídia nacional a economia de combustível.
Para os conhecedores do assunto não é novidade quando se fala que ao baixar a viscosidade do lubrificante do motor, diminui o atrito e consequentemente o motor faz menos força, diminuindo assim o consumo de combustível.

Isso vai ajudar muita gente entender porque existe essa relação combustível x lubrificante. E em um futuro bem próximo vou deixar de ouvir a pergunta que sempre ouço quando falo em economia de combustível: "O que tem a ver o lubrificante com consumo de combustível?"

Os lubrificantes com viscosidade 5W30 foram desenvolvidos na Fórmula 1 e trouxeram uma nova performance aos motores que vinham diminuindo de tamanho a cada ano que passava. O motor pioneiro a usar essa viscosidade foi o motor da Ford Zetec Rocan, desenvolvido na Inglaterra.

Veja aqui, em primeira mão, a propaganda do Mobil Super Ecopower 5W30 que vai rodar apartir do dia 18, na Rede Globo.


3 comentários:

André Andrews disse...

O mais importante seria um esclarecimento a todos que, independente da marca do lubrificante, deve-se atentar para as indicações que se relacionam com a economia de combustível.

Estando dentro daquilo que o fabricante do veículo recomenda em termos de API e viscosidade, vale adquirir um óleo API com Energy Conserving ou ACEA A1 ou A5. Para aqueles que exigem ACEA A3 ou A5 dar preferência ao A5, por ser economizador de combústivel.

Anônimo disse...

Amiable post and this post helped me alot in my college assignement. Say thank you you for your information.

Ricardo disse...

Se não me engano na Europa são motores Zetec, no Brasil que foi feito o Zetec Rocam.