5 de fev de 2009

MOTO GP - TESTES EM SEPANG. PRIMEIRO DIA

Começou ontem, dia 05 de fevereiro os testes da pré temporada do MotoGP. O italiano da Suzuki, Loris Capirossi foi o mais rápido no circuito de Sepang, na Malásia. 2min01s869 seguido do australiano Casey Stoner (AUS/Ducati), por 0s169 de diferença. Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha) ficou com o terceiro tempo: 2min02s324.

Rossi sofreu um acidente na sua casa nesta semana que fez com que levasse alguns pontos na mão e no pé esquerdo. Mesmo aparentando pouca dificuldade nos testes o italiano ainda caiu nesta quinta feira. Mas nada sério.

"Estou muito contente porque consegui rodar com a moto hoje, isto apesar dos pontos na mão e pé, e fui rápido. Não estou a 100% por causa das dores, mas não tenho problemas em pilotar. Sofri uma pequena queda, quando estava a rodar muito devagar. Não se tratava de estar muito molhado, foram antes algumas partes da pista que tinham pouca aderência e aquela em especial parecia que não tinha mesmo nenhuma!" Comentou Valentino após ter dado 31 voltas no circuíto.

Os teste se estendem até sábado.


FONTES: MotoGP.com
Tazio.uol.com.br

4 comentários:

Ylan Marcel disse...

Logo, logo Rossi porá ordem na casa. Mas Capirossi sempre será rápido.
www.motorizado.wordpress.com

Ron Groo disse...

Pois é Savio... Começaram as atividades nas motos...
Agora vai todo mundo brincar e tal. MAs quando a coisa pegar pra valer vai dar Valentino na cabeça.
O homem é muito, mas muito bom.
Tanto que mesmo com o pequeno acidente domestico que sofreu ainda foi o terceiro.
Abração.

Alexandre Ribeiro disse...

Caro Sávio:

Não sigo MotoGP e por isso te pergunto: quais foram as baixas na categoria causadas pela crise?

SAVIOMACHADO disse...

Meu amigo Ribeiro. Boa a sua pergunta. Porém a maior notícia que tivemos relacionada a retirada do Moto GP, foi mesmo a japonesa Kawasaki. Mas ela está passando a responsabilidade para dois pilotos: O francês Olivier Jacque e o japonês Tamaki Serizawa, que estariam montando uma equipe, terceirizando assim o trabalho que a Kawasaki teria em 2009.